Rádio JOVEM PAN

101.5. Jovem Pan Dracena

Ouvir

Leandro Narloch diz que historiadores tiveram "vontade de sabotar" série inspirada em seu livro

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Leandro Narloch participa do Pânico; veja fotos

Autor de “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil” explicou constantes confusões com historiadores

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Autor de “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil” explicou constantes confusões com historiadores

Leandro Narloch no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Leandro Narloch no Pânico

Leandro Narloch no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Leandro Narloch no Pânico

Leandro Narloch no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Leandro Narloch no Pânico

Leandro Narloch no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Leandro Narloch no Pânico

Leandro Narloch no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Leandro Narloch no Pânico

Leandro Narloch no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Leandro Narloch no Pânico

Autor de “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil” explicou constantes confusões com historiadores
Leandro Narloch no Pânico
Leandro Narloch no Pânico
Leandro Narloch no Pânico
Leandro Narloch no Pânico
Leandro Narloch no Pânico
Leandro Narloch no Pânico

Autor da coleção “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil”, o jornalista Leandro Narloch já se colocou em muitas confusões com historiadores. A maior delas talvez tenha sido quando muitos se recusaram a participar da série do canal History Channel inspirada em seus livros. No Pânico na Rádio desta quarta-feira (13), Narloch disse que essa recusa foi como “uma vontade de sabotar” o seu projeto.

“Eu vendi os direitos [do livro] para a produtora e ao fazerem as entrevistas não deixaram claro que a série era do meu livro e os historiadores se sentiram traídos. Talvez seja um vontade de sabotar”, falou.

Apesar da confusão, o jornalista defendeu o direito deles de saírem do projeto por conta do erro da produtora, mas admitiu: “foi triste”. “Parece que é só um preconceito de ‘porque ele discorda de mim não vou participar do programa dele’”, argumentou.

Narloch ainda reconheceu o motivo da resistência que enfrenta dos historiadores: “eu gosto de provocar, é o meu trabalho”. “Meu papel de jornalista é pegar o que eles dizem e discutir ideias”, disse ao emendar que os historiadores se ressentem com jornalistas porque eles “escrevem mal”.

“Tem muito historiador excelente no Brasil, mas tem muita coisa ruim [nos textos]”, declarou.

O jornalista ainda aproveitou para esclarecer outra confusão em que se envolveu ao dar a entender que a ditadura militar no Brasil seria “branda”. “Não falo nada disso. [Quis dizer que] a ditadura encheu o Brasil de estatal , o programa do PSOL parece muito com a ditadura [por conta do] desenvolvimento nacional e [querer] levantar o mercado”, comparou.


Tags da Pan

Comentários